#VC21   #CycleDiversity   #Velocity2021
cycle diversity
LISBOA 6-9 SETEMBRO 2021

Fundos da UE para a mobilidade em bicicleta

Blog Fundos da UE para a mobilidade em bicicleta
A ECF está a trabalhar para que mais pessoas circulem de bicicleta com maior frequência. Continue a ler para descobrir as duas principais fontes de financiamento europeias que nos podem ajudar a atingir este objetivo.
A ECF está a trabalhar para que mais pessoas circulem de bicicleta com mais frequência. Para tal, é necessário um investimento constante, nomeadamente em redes de ciclovias seguras e confortáveis em zonas urbanas, peri-urbanas e rurais em toda a UE. Todos os níveis de governo, desde o local até à União Europeia, precisam de contribuir.

Existem duas principais fontes de financiamento europeias, que nos podem ajudar a alcançar este objetivo: em primeiro lugar, os Fundos Estruturais da UE como parte do orçamento regular da UE, e em segundo lugar, o Mecanismo de Recuperação e Resiliência, destinado a enfrentar a crise económica causada pela pandemia da COVID-19.

Através dos Fundos Estruturais da UE, em particular o Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e o Fundo de Coesão, foram investidos cerca de 2 mil milhões de euros em mobilidade em bicicleta durante o orçamento da UE para 2014 - 2020. A estimativa da ECF para o próximo novo período financeiro 2021 - 2027 é que, pelo menos, 6 mil milhões de euros devem ser gastos a fim de desencadear uma verdadeira mudança modal, ou seja, encorajar os cidadãos da UE a mudar dos carros para as bicicletas, fornecendo infraestruturas seguras e confortáveis. Para ajudar as autoridades de gestão nos Estados-Membros a desbloquear este nível de financiamento da UE para projetos de bicicleta, a ECF desenvolveu 27 guias detalhados por país, que mostram como solicitar fundos da UE e como o desenvolvimento do transporte e turismo de bicicleta pode impulsionar as economias nacionais e locais e enfrentar muitos problemas e desafios específicos de cada país.



Leia mais sobre oportunidades de financiamento para ciclismo nos Fundos Estruturais da UE e descarregue o guia da ECF sobre como desbloquear 6 mil milhões de euros para investimentos em mobilidade em bicicleta do FEDER.

Uma segunda fonte de financiamento para projetos de mobilidade em bicicleta pode provir do Mecanismo de Recuperação e Resiliência. Há 672 mil milhões de euros disponíveis para resistir à crise económica causada pela pandemia da COVID-19, e os Estados-Membros estão agora a desenvolver os seus planos nacionais de recuperação e resiliência, necessários para obter este financiamento. O Vice-Presidente Executivo da Comissão Europeia, Frans Timmermans, declarou claramente que os investimentos na bicicleta seriam o tipo de investimentos que a Comissão Europeia acolheria de bom grado, e as primeiras versões dos planos de recuperação nacionais de alguns Estados-Membros, como por exemplo da França e da Polónia, incluem de facto rubricas orçamentais para a bicicleta. A ECF e a Cycling Industry Europe apelam, conjuntamente, a investimentos de 10 mil milhões de euros para a bicicleta dos 27 pacotes nacionais de Recuperação e Resiliência.



Leia mais sobre oportunidades de financiamento para a mobilidade em bicicleta nos Planos Nacionais de Recuperação e Resiliência.

Por Fabian Küster
16 de Dezembro, 2020